Procurar por cirurgião na região

selecione o estado e a cidade para efetuar a busca:



Principais cidades:

São Paulo
Recife

Rio de Janeiro
Curitiba

Belo Horizonte
Goiânia

Porto Alegre
Brasilia


Tipos de Cirurgias Plásticas


Cirurgia das pálpebras (Blefaroplastia)



A Blefaroplastia corrige pálpebras com excesso de pele, inchadas ou caídas, bem como bolsas acima e abaixo dos olhos. A condição é causada quando gorduras forçam sua saída através das camadas dos músculos.


Duração:

De 1h à 2h


Efeitos colaterais:

A Blefaroplastia pode causar cansaço temporário das pálpebras, inchaço, machucado, queimação e coceira. Lacrimejamento excessivo e sensibilidade à luz nas primeiras semanas.


Recuperação:

As pálpebras podem dar sensação de pesadas e feridas quando o efeito da anestesia passar, contudo, qualquer desconforto pode ser controlado através de medicação via oral.

Leitura: 2 ou 3 dias. Retorno ao trabalho: 7 a 10 dias. Lentes de contato: 2 semanas ou mais. Atividades físicas e álcool: aproximadamente três semanas. Inchaço e sensibilidade nas pálpebras: várias semanas.


Riscos:

Hematoma, sangramento, inchaço (edema), infecção, leve assimetria na cicatrização, dificuldade em fechar os olhos completamente (raramente permanente) e caimento das pálpebras inferiores.


Resultado:

Muitos anos. Às vezes permanente.


Técnica Utilizada:

Remoção de excesso de pele das pálpebras e retirada de bolsas gordurosas quando necessário. Ela pode ser realizada através da conjuntiva para retirada de bolsas, ficando a cicatriz internamente.


Internação:

Com internação


Anestesia:

A Blefaroplastia é realizada sob anestesia local com sedação e em alguns casos sob anestesia geral.


voltar