Procurar por cirurgião na região

selecione o estado e a cidade para efetuar a busca:



Principais cidades:

São Paulo
Recife

Rio de Janeiro
Curitiba

Belo Horizonte
Goiânia

Porto Alegre
Brasilia


Tipos de Cirurgias Plásticas


Plástica de Nariz (Rinoplastia)



A Otoplastia reduz o pólo superior da orelha, lóbulo ou reposicionamento da orelha em relação à cabeça (correção de orelha de abano). A plástica na orelha é uma prática muito comum e com um resultado estético e emocional de alto impacto.


Duração:

De 2 a 3 horas.


Efeitos Colaterais:

Após a cirurgia plástica nas orelhas é comum ocorrer dor, inchaço, vermelhidão e dormência (os pacientes são aconselhados a não dormirem de lado para reduzir a pressão nas orelhas)


Recuperação:

De volta ao trabalho ou escola: de 5 a 7 dias. Atividades físicas pesadas e a prática esportiva: de 1 a 2 meses.


Riscos:

Infecção da cartilagem, cicatrização excessiva, coágulos. Orelhas desiguais ou com aparência artificial. Nesse caso, é realizada uma nova cirurgia.


Resultados:

Permanente.


Técnica Utilizada:

O tipo de incisão usada para a cirurgia de orelhas depende da extensão do problema, e mesmo quando apenas uma orelha parece proeminente, a cirurgia é realizada nas duas orelhas para um melhor resultado. Em uma das técnicas mais utilizadas, o cirurgião faz uma pequena incisão na parte de trás da orelha, para expor a cartilagem, e então esculpe a cartilagem, de modo que fique mais perto da cabeça. Ocasionalmente, uma parte da cartilagem pode ser removida para dar uma aparência mais natural à dobra da orelha.

Outra técnica envolve uma incisão similar, remoção da pele e grampos utilizados para dobrar a cartilagem de modo a remodelá-la, sem haver necessidade de remoção.


Internação:

Com internação


Anestesia:

A Otoplastia é realizada sob anestesia local com sedação e dependendo do caso, anestesia geral.


voltar