Procurar por cirurgião na região

selecione o estado e a cidade para efetuar a busca:



Principais cidades:

São Paulo
Recife

Rio de Janeiro
Curitiba

Belo Horizonte
Goiânia

Porto Alegre
Brasilia


Tipos de Cirurgias Plásticas


Rejuvenescimento da fronte (Lifting Frontal)



Corrige esteticamente fronte caída, pálpebras superiores e excesso de pele na testa. Foi desenvolvida para ajudar a melhorar as linhas horizontais e marcas que podem deixar pessoa com aparência de brava, cansada, ou triste. O rejuvenescimento da fronte é normalmente realizado em pacientes entre 40 e 60 anos, ajudando a minimizar os visíveis sinais da idade.


Duração:

De 1 a 3horas


Efeitos colaterais:

Dormência temporária, desconforto, coceira e inchaço. Pode ocorrer perda de cabelo ao longo da cicatriz. Em raras circunstâncias, os nervos que controlam os movimentos da sobrancelha podem ser afetados resultando numa perda de habilidade para levantar as sobrancelhas ou franzir a testa. Neste caso, uma segunda cirurgia é indicada para corrigir o problema.


Recuperação:

Retorno ao trabalho: de 7 a 10 dias (em caso de cirurgia usando vídeo-endocópio). Atividades físicas: após 30 dias. Exposição ao sol após 2 meses. Uso de filtro solar após 30 dias com FPS 60.


Riscos:

Possibilidade rara de infecção e sangramento. Rejuvenescimento clássico: perda de sensação ao longo da linha da incisão. Se complicações ocorrerem durante o rejuvenescimento endoscópico: o cirurgião mudará para o rejuvenescimento clássico, o que vai resultar em uma cicatriz e um período de recuperação maior (menos de 1% de todos os procedimentos endoscópicos).


Resultados:

Longa duração, rejuvenescendo a aparência.


Tecnologia:

Usando o rejuvenescimento clássico, no convencional método "aberto", o cirurgião fará uma incisão contínua, começando ao nível das orelhas e subindo para a linha do cabelo. A incisão normalmente é feita bem atrás da linha do cabelo de forma que a cicatriz não fique visível.

No rejuvenescimento endoscópico, ao invés de fazer uma longa incisão, o cirurgião fará de três a cinco incisões curtas no couro cabeludo, onde o endoscópio (aparelho de câmera parecido com um lápis), será inserido em uma das incisões. O cirurgião então usará outro instrumento inserido em uma outra incisão, onde a pele da testa é levantada e os músculos e tecidos subjacentes serão removidos ou alterados para produzirem uma aparência mais suave.


Internação:

Com internação


Anestesia:

Local, com sedação.
Geral


voltar